Aprovado pela Câmara o Projeto de Lei que prevê o reajuste do FGTS.

08.24.2015

 

A Câmara dos Deputados aprovou no último dia 18, o projeto de lei que determina que o reajuste do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) seja realizado com índices maiores que os atuais. Atualmente a correção do FGTS é feita pela taxa referencial de 3% ao ano.

De acordo com a proposta aprovada, os depósitos feitos a partir de 1º de janeiro de 2016 serão reajustados de formal gradual, ou seja, em 2016 será reajustado para 4% ao ano, em 2017, para 4,75%, em 2018, para 5,5% e, a partir de 2019, o índice de deverá acompanhar o da poupança, TR mais 6% ao ano.

O texto aprovado também fixa que nos próximos quatro anos, até 60% dos lucros do FGTS sejam destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida.

A matéria ainda deverá ser analisada pelo Senado Federal, mas, o Deputado Silas Brasileiro já considerou a aprovação pelo Plenário da Câmara como sendo um marco extraordinário, pois, a mudança no cálculo do FGTS além de aumentar significativamente os rendimentos da classe trabalhadora, deverá garantir mais recursos ao programa de habitação do Governo Federal.

Please reload

Sobre Silas Brasileiro

Estatuto do Idoso 

Colheita do café avança com boa qualidade

23.07.2020

Presidente do CNC fala sobre levantamentos de safra no Agro+ da BAND

21.07.2020

BALANÇO SEMANAL CNC - 06 a 10/07/2020

10.07.2020

BALANÇO SEMANAL CNC — 28/10 a 1º/11/2019

01.11.2019

BALANÇO SEMANAL CNC — 21 a 25/10/2019

25.10.2019

1/3
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle