Balanço Semanal CNC - 29/06 a 03/07/2020

07.03.2020

CNC e Emater-MG realizam webinar sobre colheita e Funcafé

 

Evento é ação do Termo de Cooperação Técnica estabelecido entre entidades, que traz benefícios aos produtores, principalmente os pequenos

 

Na próxima quinta-feira, 9 de julho, o Conselho Nacional do Café (CNC) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER-MG) realizarão o webinar "Funcafé e Colheita 2020", ação que integra as atividades do Termo de Cooperação Técnica firmado entre as entidades em maio deste ano.

 

O evento contará com a participação do vice-governador de Minas, Paulo Brant, do presidente da estatal, Gustavo Laterza, que apresentará uma avaliação institucional da colheita no Estado, e do presidente executivo do CNC, Silas Brasileiro, que abordará a importância do Funcafé para o setor.

 

Com o objetivo de contribuir com extensionistas, pesquisadores, entidades e produtores para o desenvolvimento e o fortalecimento da produção sustentável na cafeicultura mineira e nacional, o webinar também trará a visão das cooperativas associadas ao CNC sobre temas relevantes para o atual momento da safra 2020.

 

O diretor Superintendente da Expocaccer, Simão Pedro de Lima, falará sobre "Qualidade e produtividade da colheita no Cerrado Mineiro"; "Produtividade e comercialização da safra" será o conteúdo abordado por Saulo Faleiros, diretor Secretário da Cocapec; e o presidente da Cocatrel e da Central Coccamig, Marco Brito, se posicionará a respeito dos “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODSs”.

 

Já Carlos Augusto de Melo, presidente da Cooxupé, explanará a respeito da "Comercialização da safra atual: preços e comportamento da demanda doméstica e internacional", e José Marcos Magalhães, presidente da Minasul, encerrará as apresentações com o tema "Tecnologia para redução de custos e aprimoramento da comercialização".

 

“O webinário é a segunda atividade do termo de cooperação técnica que o CNC e a Emater-MG firmaram e vem ao encontro de nossos objetivos de desenvolver ações que promovam a responsabilidade social e a eficiência econômica com ênfase na preservação dos recursos naturais nas áreas cafeeiras, haja vista os temas que apresentaremos ao público, em especial aos pequenos produtores, que respondem por 78% da cafeicultura nacional”, comenta Silas Brasileiro.

 

A primeira atividade dessa parceria foi o lançamento da cartilha “Orientações sobre prevenção ao coronavírus durante a colheita do café”, em maio. O material traz recomendações aos profissionais do setor para se prevenirem e evitarem a propagação da Covid-19, como forma de permitir o desenvolvimento dos trabalhos de cata sem impactar a saúde dos envolvidos.

 

CONSELHO DIRETOR — O CNC realizará, na terça-feira, 7 de julho, reunião virtual de seu Conselho Diretor. “Em função da pandemia do novo coronavírus, infelizmente não houve a oportunidade para realizarmos um encontro presencial neste ano. Assim, focando na gestão proativa da entidade, realizaremos uma prestação de contas a nossos associados, a quem reforço o convite para participarem de nosso encontro on-line e apresentarem suas sugestões e pleitos”, informa Brasileiro.

 

Na oportunidade, o presidente executivo do CNC fará uma apresentação da "Agenda de Trabalho" do Conselho, destacando as conquistas do primeiro semestre e seus próximos passos, além do plano de ação para os últimos seis meses de 2020.

 

 

Cadeia produtiva do café se reúne com secretário Halum

 

Por iniciativa do CNC, setor apresentou sua estrutura e demonstrou a sinergia que faz a cafeicultura do país a mais competitiva do mundo

 

Ontem, 2 de julho, por iniciativa do Conselho Nacional do Café (CNC), o setor privado da cafeicultura brasileira se reuniu com o novo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), César Halum, na sede da Pasta, em Brasília (DF).

 

“Tratou-se de uma visita de cortesia, para podermos apresentar a representação de nosso setor, bem como a composição e a importância da parceria público-privada dentro do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC)”, revela Silas Brasileiro, presidente executivo do CNC.

 

Também participaram do encontro o presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Varginha (Minasul) e conselheiro do CNC, José Marcos Magalhães; o diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics), Aguinaldo Lima; o diretor Administrativo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), Celírio Inácio da Silva; e o diretor do Departamento de Comercialização e Abastecimento do Mapa, Silvio Farnese.

 

“Na oportunidade, todos os participantes apresentaram as suas entidades, expondo ao secretário Halum a estrutura da cadeia produtiva do agro café, destacando, ainda, a coesão das ações e a sinergia existente entre os segmentos, o que faz da cafeicultura brasileira a mais sustentável e competitiva do mundo”, conclui o presidente do CNC.

 

REPASSES DO FUNCAFÉ — Nesta semana, conforme apuração do CNC, o Ministério da Agricultura publicou no Diário Oficial da União a assinatura de mais dois contratos entre a Pasta e as instituições financeiras Sicoob Credinter e Banco MUFG, liberando mais R$ 84 milhões do Fundo. Com isso, os repasses aos agentes totalizam R$ 2,734 bilhões, ou 47,9% do total de R$ 5,71 bilhões disponíveis à safra 2020.

Dólar e recompra de posições impulsionam preços do café

 

Moeda recuou com divulgação de indicadores positivos nos EUA e fundos compraram com clima mais frio no Brasil

 

Os contratos futuros do café tiveram semana de recuperação nos mercados internacionais, sendo puxados pela perda de força do dólar e pela postura de recompra de posições por parte dos fundos de investimento devido às mudanças climáticas no cinturão produtor do Brasil.

 

Na Bolsa de Nova York, o vencimento setembro/2020 acumulou ganhos de 740 pontos no acumulado até ontem (02/07), encerrando a sessão a US$ 1,032 por libra-peso. Na ICE Europe, o vencimento setembro/2020 fechou a US$ 1.202 por tonelada, avançando US$ 49 na semana.

 

O dólar comercial recuou no intervalo, com a divulgação de bons indicadores da economia dos Estados Unidos, em especial no que se refere ao relatório de emprego (payroll) de junho, que veio acima do esperado. Ontem, a moeda norte-americana encerrou a sessão a R$ 5,3499, acumulando perdas de 2,1%.

 

Em relação ao clima, a Somar Meteorologia informa que o fim de semana será de tempo firme na maior parte da Região Sudeste, com baixas temperaturas na madrugada, podendo haver formação de geada nos pontos mais altos da Serra da Mantiqueira, entre hoje e amanhã.

 

Para o início da próxima semana, a chegada de uma nova frente fria pode provocar chuvas significativas no Paraná, com acumulados que podem chegar a 70 milímetros na maioria do Estado. Para São Paulo e sul de Minas Gerais, a previsão é de pancadas com menores acumulados, abaixo de 50 mm. Nas demais áreas mineiras e no Espírito Santo, as precipitações serão menos volumosas, abaixo de 15 mm.

 

No mercado físico, as cotações acompanharam o movimento externo e subiram. Os indicadores calculados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para as variedades arábica e conilon se situaram em R$ 512,81/saca e R$ 347,77/saca, com avanços, respectivamente, de 4,9% e 1,2%.

 

A instituição informa que, além do cenário internacional, o avanço foi puxado pela retração vendedora, com os produtores aguardando novas valorizações para retornar ao mercado depois das altas recentes. Também interferiu, conforme o Cepea, a postura dos produtores aguardando a passagem de uma frente fria no cinturão produtor, o que pode estimular preços maiores nos próximos dias.

 

 

Please reload

Sobre Silas Brasileiro

Estatuto do Idoso 

Colheita do café avança com boa qualidade

23.07.2020

Presidente do CNC fala sobre levantamentos de safra no Agro+ da BAND

21.07.2020

BALANÇO SEMANAL CNC - 06 a 10/07/2020

10.07.2020

BALANÇO SEMANAL CNC — 28/10 a 1º/11/2019

01.11.2019

BALANÇO SEMANAL CNC — 21 a 25/10/2019

25.10.2019

1/3
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle