BALANÇO SEMANAL CNC — 18 a 22/10/2021


RESOLUÇÃO CMN COM ALTERAÇÕES

O Conselho Monetário Nacional (CMN) ajustou, nessa quinta-feira (21), as normas para financiamentos ao Funcafé. Conforme acertado anteriormente com o Ministério da Agricultura, foram destinados R$ 1,318 bilhão na linha de crédito para recuperação de cafezais danificados. A linha poderá ser contratada até o dia 30 de junho de 2022 por cafeicultores cujas lavouras tenham sido atingidas pelas geadas. Esse prazo de contratação se justifica em razão de danos que podem aparecer nas plantas ao longo de alguns meses.


Saiba mais


LEVANTAMENTO PROCAFÉ

O CNC promoveu no último dia 08, um encontro entre os membros do Comitê de Estatística da instituição e o presidente da Fundação ProCafé, José Edgard Pinto Paiva, e o pesquisador Dr. José Braz Matiello, um dos responsáveis pelo trabalho de levantamento das áreas afetadas pelas geadas. O estudo foi proporcionado pela OCB, validado pela CONAB e será utilizado para classificar e qualificar os produtores que terão direito aos recursos especiais do Funcafé (R$ 1.319 bilhão), reservados exclusivamente às propriedades atingidas pela seca e geada.


Saiba mais


CARBONO EM PAUTA NA COP26

A semana se encerra com o assunto sustentabilidade em alta. A COP26 se aproxima e o 26º encontro acontecerá entre os dias 31/10 a 12/11, na Escócia. A conferência reúne 197 países para debater assuntos sobre as mudanças climáticas e como serão solucionados os efeitos que elas causam. O Brasil irá propor reduzir a emissão de carbono equivalente em 1,1 bilhão de toneladas no setor agropecuário.


Saiba mais


CONEXÃO OCB/ES E CNC

A Organização das Cooperativas Brasileiras no Espírito Santo (OCB/ES) lançou recentemente o boletim “Conexão OCB/ES e CNC”. O informativo foi criado com o objetivo de organizar o envio das informações que são transmitidas para as Cooperativas que compõem o Comitê Estadual do CNC, bem como facilitar e uniformizar a divulgação dos trabalhos e ações desenvolvidas, tornando-as mais atrativas.


Saiba mais


MERCADO DE CAFÉ

Os contratos futuros de café arábica encerram a semana na Bolsa de Nova York atentos ao cenário macroeconômico do Brasil. As especulações político-econômica refletiram no dólar que registrou alta ontem, o que contribuiu para pressionar as cotações do café, apesar dos fundamentos e dos fatores técnicos positivos para o grão.


Saiba mais

Sobre Silas Brasileiro

Estatuto do Idoso 

Balanço Semanal