top of page

CNC participa da abertura da 27ª Expocafé


Três Pontas, um dos mais importantes municípios do circuito cafeeiro no Brasil, recebeu nesta semana a 27ª edição da Expocafé, considerada a maior já realizada pela Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas (Cocatrel) em parceria com a Prefeitura Municipal e a Universidade Federal de Lavras (Ufla). A feira aconteceu no Aeroporto Municipal “Leda Mello de Rezende”.


A cerimônia de abertura oficial que aconteceu às 10h do dia 04/06, contou com a presença do público e das seguintes autoridades: Jacques Miari (presidente da Cocatrel), Jackson Barbosa (vice-reitor da UFLA), Marcelo Garcia (prefeito de Três Pontas), Silas Brasileiro (Presidente do Conselho Nacional do Café), Marco Valério Brito (presidente da Coccamig), Vitor Alves de Freitas (diretor de infraestrutura da Emater), Nilda Soares (Presidente da Epamig), Antônio Carlos de Morais (diretor geral do IMA), Vanusia Nogueira (diretora da OIC) – pessoa mais importante da organização que abrilhantou a cerimônia com sua presença, vindo de Londres para participar do evento, Carmem Lúcia de Brito (presidente da BSCA), Rodrigo Carvalho Fernandes (chefe de gabinete da Secretaria de Agricultura de Minas) e o Deputado federal Diego Andrade.


Sobre a Expocafé


A Expocafé não é apenas um evento local; ela é um pilar para o desenvolvimento dos cafeicultores desde sua criação em 1998. Com a primeira edição realizada na Fazenda São Sebastião, organizada pela Cocatrel, Prefeitura de Três Pontas e UFLA, a feira superou expectativas, firmando-se como um dos principais eventos tecnológicos do setor cafeeiro no país.


Uma das novidades deste ano foi a primeira Expocafé Carbono Neutro. Essa iniciativa pioneira neutraliza as emissões de carbono associadas à cafeicultura, destacando o compromisso da feira com a preservação ambiental e a construção de um futuro sustentável.


Participação do CNC e a gestão da Cocatrel


O presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, lembrou de figuras ilustres da cidade de Três Pontas, fundamentais na história da cafeicultura, como Gilson Ximenes, ex-presidente do CNC. Ele citou ainda os áureos tempos do Instituto Brasileiro do Café (IBC), extinto em 1990, quando à época tinha estreito relacionamento com o saudoso Adelino Nogueira, pai de Vanusia Nogueira, diretora executiva da OIC, lembrando que o produtor Adelino teve atuação importante também como diretor da Cocatrel.


A importância do CNC na busca por programas de apoio ao setor cafeeiro foi reiterada por Silas, destacando o impacto positivo que as políticas e iniciativas do conselho têm gerado ao longo dos anos.


O presidente do CNC ainda ressaltou a qualidade da gestão da Cocatrel. “A atuação do ex-presidente Marco Valério Araújo Brito fez a Cocatrel e, consequentemente, a Expocafé saltar a patamares ainda mais elevados. Ele foi um gestor competente, visionário e dedicado, sempre buscando inovações e melhorias para a cooperativa. O Marquinho tem sido um grande apoiador do CNC. Sua liderança trouxe avanços significativos que se refletiram no sucesso contínuo da cooperativa e no prestígio do evento”.


Silas não tem dúvidas de que com a nova composição da diretoria, a cooperativa está arregimentada para alçar voos ainda maiores. “Conhecemos a capacidade do presidente Jacques Fagundes Miari e do vice-presidente Luiz Eduardo Vilela de Rezende, que possuem uma visão estratégica e um compromisso inabalável com a excelência. Eles conduzirão a Cocatrel para ainda mais sucesso, implementando práticas modernas e sustentáveis que beneficiarão todos os associados. Sabemos que tudo isso terá a colaboração dos nossos decanos da Cocatrel, Manoel Piedade e do ex-presidente Francisco Miranda, cuja experiência e sabedoria são inestimáveis para a cooperativa. Eles continuam a ser uma fonte de inspiração e orientação, garantindo que a tradição de qualidade e inovação da Cocatrel permaneça forte. Reconhecemos que o senhor Manoel, com seus mais de 50 anos de experiência, contribuirá e muito, dinamizando a equipe e qualificando-a para enfrentar os desafios futuros e consolidar ainda mais a posição da Cocatrel como líder no setor cafeeiro.”


A feira atraiu visitantes de mais de 160 cidades de todo o Brasil, superando a marca de 40 mil pessoas nos três dias de evento. A programação incluiu o 13º Simpósio de Mecanização da Lavoura Cafeeira, com o tema “A reduzida disponibilidade de trabalhadores rurais e os recursos de mecanização”, e o 7º Encontro Mineiro de Cafeicultoras, destacando a importância do papel das mulheres na cafeicultura.


Silas Brasileiro finalizou dizendo que a presença de tantas autoridades, a exemplo de Vanúsia Nogueira (OIC) e de Ucha Carmen Lúcia Chaves de Brito (presidente da BSCA), prova a grandeza do evento. “Reencontrar a Vanúsia, a Ucha e todos os demais amigos foi muito especial. A Expocafé está de parabéns por proporcionar esse momento de troca de experiências entre tantas autoridades do café”.


Com informações da Ascom/Cocatrel

Mais informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação

(61) 3226-2269

ความคิดเห็น


ปิดการแสดงความคิดเห็น
bottom of page