top of page

Semana deve se encerrar com desvalorização do café em Nova York

O mercado futuro de café arábica negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) deve encerrar a semana com desvalorização. Apesar de uma recuperação técnica ontem (10/11), a tendência de queda deve se confirmar, segundo os analistas. O vencimento dezembro/22, o mais líquido, encerrou ontem o pregão em 171,00 centavos de dólar por libra-peso. Na semana a queda foi de 3% (475 pontos) em comparação com a cotação da quinta-feira (03/11). O café robusta na Bolsa de Londres (ICE Futures Europe) fechou esta quinta-feira também em queda semanal de US$ 47,00 (2,48%) a US$ 1.877 por tonelada.


O dólar à vista teve uma disparada ante o real nesta quinta-feira, com valorização de 4,14%, em R$ 5,396. Na semana, a moeda americana se valorizou em 6,61% com relação à brasileira.


Segundo o Climatempo “as condições para temporais aumentam nos próximos dias para o Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Praticamente todo o Brasil terá muitas pancadas de chuva durante o fim de semana prolongado por causa do feriado de 15 de novembro. Não há previsão de nova queda da temperatura. Faz calor e os períodos com sol vão ocorrer, mas o risco de pancadas de chuva será alto especialmente à tarde e à noite”.


No mercado físico, os pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) informaram que as cotações domésticas subiram ontem, porém no apanhado da semana seguem em leve queda. Os indicadores calculados pela instituição para as variedades arábica e robusta se situaram em R$ 957,67 por saca e R$ 556,46 por saca, com variação semanal negativa de 0,42% e de 0,24%, respectivamente.



Mais informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação

Alexandre Costa – ascomsilasbrasileiro@hotmail.com

(61) 3226-2269

bottom of page