top of page

Brasil destaca comprometimento com a sustentabilidade na cadeia cafeeira em mesa redonda


Nesta quinta-feira (20), a Al-Invest Verde promoveu a III Mesa Redonda Virtual “Diálogos sobre café sustentável”, um evento que reuniu representantes tanto de produtores quanto de consumidores para discutir a importância da sustentabilidade na cadeia de valor do café.


O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CECAFÉ) representou o país na mesa redonda, contando com a presença do seu Diretor Geral, Marcos Matos. Durante sua palestra, Matos destacou o compromisso do Brasil com a sustentabilidade e como o país tem se adequado às exigências da Legislação Europeia. Ele ressaltou que a produção de café no Brasil se destaca como a mais preparada em nível mundial dentro desse contexto.


Silas Brasileiro, presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), também participou da reunião e elogiou a competência de Marcos Matos em apresentar o comprometimento do Brasil com a sustentabilidade. Para Silas, a cafeicultura brasileira está preparada para cumprir as regras estabelecidas pelo mercado.


“Além de sermos o maior produtor de café do mundo, somos o segundo maior consumidor. No Brasil, já temos o Código Florestal e legislações trabalhistas próprias, o que nos coloca à frente em relação aos demais países produtores em razão das exigências já atendidas pelos cafeicultores. De uma forma extremamente competente, Marcos Matos mostrou qual o comprometimento do Brasil com a sustentabilidade, atendendo assim, o enquadramento do país nas exigências das novas legislações internacionais”, afirmou Silas.


Ele também enfatizou a relevância da citação de Matos quanto a participação de vários representantes da produção brasileira na mesa redonda, destacando a presença da Rebraslon e seu notável embaixador José Augusto Andrade, assim como seus competentes conselheiros Heitor Granafei e Antônio Carlos.


O Conselho Nacional do Café (CNC) enfatizou a importância de todos os membros que compõem o Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) para a construção de uma cafeicultura forte e sustentável no Brasil. O engajamento de todos os envolvidos é considerado fundamental para alcançar os objetivos de sustentabilidade na cadeia cafeeira.


O encontro virtual proporcionou um espaço de diálogo valioso, permitindo que representantes dos diferentes elos da cadeia de valor do café compartilhassem suas experiências e visões sobre a importância da sustentabilidade no setor. Essas discussões reforçam o compromisso do Brasil em continuar sendo um referencial mundial na produção de café sustentável, alinhado com as demandas dos consumidores e as legislações globais.


A mesa redonda foi encerrada pela brilhante presença da Diretora Executiva da Organização Internacional do Café (OIC), a brasileira Vanúsia Nogueira.


Mais informações para a imprensa Assessoria de Comunicação Alexandre Costa – ascomsilasbrasileiro@hotmail.com (61) 3226-2269

bottom of page