top of page

Café Produtor de Água entrega Prêmio por Serviços Ambientais no Sul de Minas e chega ao Cerrado..


O Conselho Nacional do Café (CNC) deu início à expansão do Programa Café Produtor de Água. Em reunião realizada nesta segunda-feira, 16, na prefeitura de Monte Carmelo, a entidade firmou oficialmente a parceria entre o poder público municipal e o projeto. O encontro aconteceu no gabinete do prefeito Paulo Rodrigues Rocha e contou com a presença do secretário de Agronegócio e Meio Ambiente de Monte Carmelo, Antônio Augusto Carvalho Costa, do presidente do CNC, Silas Brasileiro, do presidente da monteCCer, Francisco Sérgio de Assis, do superintendente da cooperativa, Régis Damasio Salles, do consultor do projeto, Devanir Garcia, da assessora técnica do CNC, Natalia Carr e de técnicos da monteCCer.


Sobre o programa


O Conselho Nacional do Café, com uma visão voltada para a proteção dos mananciais e matas ciliares, lançou em 2021, o Programa Café Produtor de Água, em convênio com as associações e cooperativas vinculadas à entidade, além dos parceiros: Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB – Sescoop), Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER-MG) e Prefeituras Municipais.


“Ações como essa vão ao encontro da nossa preocupação em atender o mercado consumidor, em especial, a Europa. Exemplo disso foi a recente declaração de Pietro Lazzeri, embaixador da Suíca no Brasil, que colocou a preservação da água como uma das prioridades do país, já que ela é finita e, se não cuidada, tende a faltar para consumo humano, animal e para as plantas”, ressaltou Silas Brasileiro.


Os objetivos são bem claros: cuidar do meio ambiente com a preservação das matas ciliares, protegendo os mananciais, além de proporcionar a recuperação de estradas vicinais, fundamental para escoamento da produção e melhoria da qualidade de vida da população rural. Como consequência, evitará o assoreamento de rios e lagos, promoverá proteção de nascentes, oferecerá a construção de bacias de contenção, evitando assim, erosões.


O projeto piloto está sendo realizado pela Cooxupé em parceria com a prefeitura de Alpinópolis (MG). Parte da estratégia de implementação prevê premiar os produtores rurais de café, por serviços ambientais prestados, que se comprometem e executam o conjunto de ações preconizadas pelo Programa.


No próximo dia 31 de outubro será realizada a entrega solene dos primeiros pagamentos por serviços ambientais (PSA) – patrocinados pelo Banco Sicoob – para produtores que cumpriram as metas do programa. O evento acontece na sede da cooperativa e contará com a presença de várias autoridades, como o Presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, do Vice Osvaldo Bachião Filho (Osvaldim), além de presidentes e representantes de cooperativas associadas do CNC. E de forma especial, estará presente Vanúsia Nogueira, diretora-executiva da Organização Internacional do Café (OIC).

Expansão do programa


Após o sucesso das ações experimentais, a expansão do programa foi solicitada pelas demais cooperativas associadas do CNC. A região do Cerrado Mineiro (RCM) será a segunda a fazer parte do Produtor de Água. “Temos um grande privilégio de estarmos em Monte Carmelo junto de um prefeito jovem e idealista como o Paulo Rocha. Esse projeto está tendo alcance internacional, já que na Europa, quando o apresentamos, todos ficaram muito interessados em saber mais sobre ele. E, agora expandido para o Cerrado Mineiro, mostraremos a grande preocupação que temos em produzir com sustentabilidade, protegendo nossos mananciais, revitalizando matas ciliares, colaborando para a recuperação de estradas vicinais. Isso tudo melhora a vida do homem no campo, mas o resultado é sentido também nas cidades com água de qualidade chegando aos lares”, analisou Silas Brasileiro.


O presidente do CNC elogiou também o grande interesse demonstrado pela monteCCer em levar o programa para a região. “O Serginho é extremamente visionário e junto com o Régis estão revolucionando a cafeicultura de Monte Carmelo. É dispensável falar da competência e dinamismo deles à frente da cooperativa. Sabemos que o Produtor de Água será um grande sucesso aqui”, ressaltou.

O prefeito de Monte Carmelo, Paulo Rocha, considerou o dia como histórico pelo lançamento do projeto no município. “Fizemos assinatura de um termo de parceria com a colaboração do CNC, para que possamos preservar as nascentes e aumentar a produção de água no nosso município. Estamos felizes de participar desse projeto juntamente com o CNC, o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), a monteCCer e os demais parceiros. Toda a comunidade será beneficiada com esse grande projeto”, destacou.


Para o presidente da monteCCer, Franscisco Sérgio de Assis, a preocupação com a sustentabilidade da produção cafeeira no Cerrado Mineiro sempre foi prioridade. “Água é vida. O Café Produtor de Água é uma iniciativa que vem da esfera federal e de mãos dadas com o CNC, prefeitura, Dmae, Emater, Universidades, será de grande utilidade para toda a comunidade carmelitana”.


Régis Salles disse que o programa terá um plano de ação para rapidamente colher resultados positivos. “Esse programa será implementado para que nossa cidade e nossos produtores tenham um insumo necessário em curto, médio e longo prazos. Assim, haverá produção de cafés diferenciados cada vez mais sustentáveis”, explicou o superintendente da monteCCer.


O secretário de Agronegócio e Meio Ambiente de Monte Carmelo, Antônio Augusto Carvalho Costa, destacou a importância dos parceiros. “São entidades de alto nível. Vamos somar forças para trazer soluções para nossos produtores rurais e para o município como um todo. Vamos manter, preservar e conservar nosso meio ambiente. Como plus vamos ter a melhoria considerável das nossas estradas rurais”.


Em Monte Carmelo, além dos parceiros já citados, o programa contará com o apoio do Dmae, a Associação dos Usuários da Água (AUA) e a Universidade Federal de Uberlândia (Campus Monte Carmelo).

Mais informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação

Alexandre Costa – ascomsilasbrasileiro@hotmail.com

(61) 3226-2269

bottom of page