top of page

Frente Parlamentar da Agropecuária homenageia ex-presidentes da bancada


Com a presença de autoridades, parlamentares e entidades do setor, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) homenageou, nesta quarta-feira (20), os ex-presidentes da bancada que dirigiram a Frente a partir da sua oficialização em 2005. Ao mesmo tempo, inaugurou uma nova estrutura do Instituto Pensar Agropecuária (IPA) para atender a maior e mais organizada Frente do Congresso Nacional – a FPA.


“Até 1994, éramos conhecidos como a bancada ruralista, o que muito nos orgulhava. Mas precisávamos avançar. Em 1995, a FPA foi fundada. Nos reuníamos no apartamento do deputado Dilceu Sperafico e realizávamos as sessões no plenário da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. Não tínhamos nenhuma estrutura e trabalhávamos pelo idealismo para construir um agro forte e sustentável como o é nos dias de hoje”, contou Silas Brasileiro, ex-presidente da FPA em dois mandatos 1997/1998, que também foi homenageado.

Silas lembrou ainda dos nomes dos onze parlamentares idealizadores da Frente Parlamentar da Agropecuária. São eles:

Abelardo Lupion

Augusto Nardes

Carlos Melles

Chico Graziano

Dilceu Sperafico

Dilso Sperafico

Hugo Biehl

Moacir Micheletto

Nelson Marquezelli

Odacir Zonta

Silas Brasileiro


Uma das mais influentes, a FPA conta hoje com mais de 360 membros entre deputados e senadores no Congresso Nacional, com estímulo e ampliação de políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária nacional.


“Dentro da FPA não se discute ideologias ou siglas partidárias. Todos estão comprometidos com uma produção cada vez mais sustentável, pois o agronegócio tem sido a mola principal da economia do país”, analisou Silas Brasileiro que destacou ainda a importância do Instituto Pensar Agro, que conta com 56 empresas dando suporte para os trabalhos da FPA.


14 ex-presidentes foram homenageados: o governador de Goiás Ronaldo Caiado, os ex-deputados Nelson Marquezelli, Odacir Zonta, Silas Brasileiro, Aberlado Lupion e Valdir Colatto; os senadores Luiz Carlos Heinze e Tereza Cristina; os deputados federais Sérgio Souza (PR), Dilceu Sperafico (PR) e Alceu Moreira (RS); Augusto Nardes, atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU); Marcos Montes, ex-ministro da Agricultura; e Nilson Leitão, atual presidente do Instituto Pensar Agropecuária.

Pavel Cardoso (presidente da Associação Brasileira da Indústria de Café – ABIC), Ronaldo Caiado (Governador de Goiás) e Silas Brasileiro (Presidente do Conselho Nacional do Café – CNC)


Com informações da Ascom FPA e do Governo de Goiás Mais informações para a imprensa Assessoria de Comunicação Alexandre Costa – ascomsilasbrasileiro@hotmail.com (61) 3226-2269

Comentarios


bottom of page